Arquivo

Archive for the ‘Leituras e Releituras’ Category

Língua Nacional

No dia 21 de maio é comemorado o dia da língua nacional. Mas, qual a importância desta data?

Confira aqui as palavras de Luis de Minas sobre o assunto. Ou o mestre Evanildo Bechara para revista Piauí.

Oficina de criação literária: Autorretrato

Oficina de criação de poemas realizada pelos alunos do 1º ano 1 após as leituras dos poemas com a temática do autorretrato.

Autorretrato

 

Ane Caroline Araldi

Sou quem o mundo pode confiar

Aquela que ninguém pode duvidar,

Sou quem minha aparência pode enganar

No seu ponto se vista, modo de analisar.

 

Atrás deste meu silêncio

Me perco em tanto pensar:

Será que um dia as pessoas irão mudar?

Valorizar a vida e não a desperdiçar?

 

Se algum dia precisar conversar,

Meu ombro estará aqui pra você chorar.

Sou quem na vida você pode contar.

 

Pro mundo conhecida como uma garota,

Pra Deus, como uma seguidora

E pra você, uma simples escritora.

 

O nosso livro

O nosso livro

Florbela Espanca

Livro do meu amor, do teu amor,
Livro do nosso amor, do nosso peito…
Abre-lhe as folhas devagar, com jeito,
Como se fossem pétalas de flor.

Olha que eu outro já não sei compor
Mais santamente triste, mais perfeito.
Não esfolhes os lírios com que é feito
Que outros não tenho em meu jardim de dor!

Livro de mais ninguém! Só meu! Só teu!
Num sorriso tu dizes e digo eu:
Versos só nossos mas que lindos sois!

Ah! meu Amor! Mas quanta, quanta gente
Dirá, fechando o livro docemente:
“Versos só nossos, só de nós os dois!…”

Assaltaram a Gramática

 “O poeta é a pimenta do planeta.”

Repertório Poético – II (Atualizado)

Começamos hoje a confecção do portifólio que abrigará o Repertório Poético dos alunos do 1º ano 1. (Já estão no slide as imagens dos trabalhos dos alunos.)

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Crônica

Escrever sobre temas polêmicos não é uma tarefa fácil. A dúvida mais comum é saber se podemos opinar, se podemos nos colocar no texto. O gênero textual que mais nos permite a possibilidade de darmos opinião e de expressarmos o que sentimos é a crônica.

Em sala de aula os alunos do 3º ano do ensino médio tiveram a oportunidade de escrever sobre uma  notícia que circulou pelo Brasil e pelo mundo, provocando o debate sobre o trânsito nas grandes cidades. Leia a notícia completa aqui.

Segue um dos textos escritos em sala de aula. A crônica é da autoria da aluna Maria Clarice Knoth.

Maníaco no volante

 Era 25 de fevereiro, aparentava ser um dia normal como qualquer outro dia da semana, mas não foi. Estava fazendo a minha caminhada, como de costume, chegando em casa ocorre um fato muito triste.

            Ouço um ronco de carro e vejo pessoas voando por cima do carro caindo sobre o asfalto. Era um grupo de ciclistas que estavam fazendo um protesto, quando um maníaco acelera o carro e atropela cerca de quinze ciclistas, onde oito foram encaminhados ao Hospital de Pronto Socorro e liberados tempo depois.

            Os ciclistas que nada sofreram ajudaram aqueles que estavam feridos. Foi um susto, tanto para os ciclistas tanto para os pedestres. O impacto foi muito forte, que até as bicicletas atingidas ficaram totalmente retorcidas,

            O motorista fugiu sem prestar socorro às vítimas, deixando o carro abandonado na zona leste da Capital de Porto Alegre. Foi identificado pela polícia como Ricardo Neis, 47 anos, ele se apresentou à Polícia falando que agiu em legítima defesa sua e de seu filho.

            Este motorista não soube dar a vez aos ciclistas que estavam manifestando para o uso da bicicleta, pensando certamente no futuro do planeta, que estavam incentivando as pessoas a utilizarem como meio de transporte a bicicleta, que causa poluição como os carros.  Este motorista deveria passar pelo menos dez anos na prisão por não ter respeito aos ciclistas, por achar que somente carros podem circular nas vias públicas.  Esquecendo-se que existem ciclistas e pedestres.

            Sou a favor dos ciclistas. Pois não tiveram culpa nenhuma e foram vítimas de um acidente triste como este, causado por um motorista sem educação, respeito e sem responsabilidade.

Minha Amada Imortal, Romantismo

Um dos principais objetivos para o aluno do Ensino Médio é desenvolver a habilidade de escrita de textos coesos, coerentes e eficazes. Para que isso aconteça cabe ao professor de Língua Portuguesa oportunizar espaços e meios para que o aluno sinta-se encorajado a escrever.
A proposta deste trabalho foi assitir ao filme Minha Amada Imortal  e escrever um pequeno comentário, relacionando-o com as características da escola literária conhecida como Romantismo.
O texto do aluno Jonatan Masson é uma síntese do que foi discutido em sala de aula e é um bom exemplo de resenha/comnetário.
 

                   Uma Obra Do Romantismo

                              Jonatan Masson

O filme “Minha Amada Imortal” conta a história amorosa de Van Beethoven. Focando principalmente na busca por achar a pessoa que ele realmente amou. O filme traz em seu decorrer traços muito fortes do mais puro romantismo.

É com a morte de Beethoven que tudo começa, ele deixa a sua fortuna para sua verdadeira paixão que até então era desconhecida por todos. Além desse, muitos outros aspectos do romantismo podem ser encontrados no filme. Como por exemplo, o fato de que suas inúmeras tentativas de viver esse amor eram constantemente frustradas por desentendimentos, pequenos enganos e até mesmo tragédias. Todos esses além de outros, são aspectos do romantismo vividos constantemente pelos protagonistas.

Outro detalhe que torna a história atrativa e interessante é a presença de acontecimentos enigmáticos e muita emoção nas ações. Acontecimentos que ocultavam a resposta que era muito óbvia, mas que por culpa dos muitos detalhes encontrados no filme passava por despercebida ou impossível.

No filme fica claro como os sentimentos foram importantes para Beethoven. Tão importantes que comandavam sua vida e sua obra, fazendo com que transmitisse através da música os mais puros sentimentos e as mais profundas mágoas.

Além de envolver o público, o filme faz refletir sobre o quanto as pessoas deixam seus sentimentos isolados para si. É por todos os motivos já vistos que o filme “Minha Amada Imortal” é uma verdadeira obra do melhor e mais puro romantismo.

Clique aqui e leia os comentários produzidos pelos alunos.

%d blogueiros gostam disto: