Arquivo

Posts Tagged ‘crônica’

Crônica

Escrever sobre temas polêmicos não é uma tarefa fácil. A dúvida mais comum é saber se podemos opinar, se podemos nos colocar no texto. O gênero textual que mais nos permite a possibilidade de darmos opinião e de expressarmos o que sentimos é a crônica.

Em sala de aula os alunos do 3º ano do ensino médio tiveram a oportunidade de escrever sobre uma  notícia que circulou pelo Brasil e pelo mundo, provocando o debate sobre o trânsito nas grandes cidades. Leia a notícia completa aqui.

Segue um dos textos escritos em sala de aula. A crônica é da autoria da aluna Maria Clarice Knoth.

Maníaco no volante

 Era 25 de fevereiro, aparentava ser um dia normal como qualquer outro dia da semana, mas não foi. Estava fazendo a minha caminhada, como de costume, chegando em casa ocorre um fato muito triste.

            Ouço um ronco de carro e vejo pessoas voando por cima do carro caindo sobre o asfalto. Era um grupo de ciclistas que estavam fazendo um protesto, quando um maníaco acelera o carro e atropela cerca de quinze ciclistas, onde oito foram encaminhados ao Hospital de Pronto Socorro e liberados tempo depois.

            Os ciclistas que nada sofreram ajudaram aqueles que estavam feridos. Foi um susto, tanto para os ciclistas tanto para os pedestres. O impacto foi muito forte, que até as bicicletas atingidas ficaram totalmente retorcidas,

            O motorista fugiu sem prestar socorro às vítimas, deixando o carro abandonado na zona leste da Capital de Porto Alegre. Foi identificado pela polícia como Ricardo Neis, 47 anos, ele se apresentou à Polícia falando que agiu em legítima defesa sua e de seu filho.

            Este motorista não soube dar a vez aos ciclistas que estavam manifestando para o uso da bicicleta, pensando certamente no futuro do planeta, que estavam incentivando as pessoas a utilizarem como meio de transporte a bicicleta, que causa poluição como os carros.  Este motorista deveria passar pelo menos dez anos na prisão por não ter respeito aos ciclistas, por achar que somente carros podem circular nas vias públicas.  Esquecendo-se que existem ciclistas e pedestres.

            Sou a favor dos ciclistas. Pois não tiveram culpa nenhuma e foram vítimas de um acidente triste como este, causado por um motorista sem educação, respeito e sem responsabilidade.

%d blogueiros gostam disto: