Arquivo

Posts Tagged ‘humor’

Como se tornar um poeta sensível

Exercícios de produção textual: POESIA. 

Professor, Parabéns pelo seu dia

Hoje é o Dia dos Professores! 

Na minha caixa de e-mail sempre aparecem mensagens tentando me motivar  falando sobre a importância do professor para sociedade.

Entre as mensagens que recebei o link deste blog foi  o escolhido para homenagear as minhas colegas de Carlos Techentin as  Professoras de Língua Portuguesa: Ides, Gisseli e Neide.

Sem esquecer dos sempre presentes (professores de Português ou não)  Luzia, Sandra, Márcio, Viegas, Leonilda e  Renata que está começando a fazer a sua história da educação.

Parabéns aos colegas de profissão e um abraço especial aos queridos parceiros de trabalho no Carlos Techentin.

1 – Professora de português não nasce; deriva-se.
2 – Professora de português não cresce; vive gradações.
3 – Professora de português não se movimenta; flexiona-se.
4 – Professora de português não é filha de mãe solteira; resulta de uma derivação imprópria.
5 – Professora de português não tem família; tem parênteses.
6 – Professora de português não envelhece; sofre anacronismo.
7 – Professora de português não vê tv; analisa o enredo de uma novela.
8 – Professora de português não tem dor aguda; tem crônica.
9 – Professora de português não anda; transita.
10 – Professora de português não conversa; produz texto oral.
11 – Professora de português não fala palavrão; profere verbos defectivos.
12 – Professora de português não se corta; faz hiato.
13 – Professora de português não grita; usa vocativos.
14 – Professora de português não dramatiza; declama com emotividade.
15 – Professora de português não se opõe; tem problemas de concordância.
16 – Professora de português não discute; recorre a proposições adversativas.
17 – Professora de português não exagera; usa hipérboles.
18 – Professora de português não compra supérfluos; possui termos acessórios.
19 – Professora de português não fofoca; pratica discurso indireto.
20 – Professora de português não é frágil; é átona.
21 – Professora de português não fala demais; usa pleonasmos.
22 – Professora de português não se apaixona; cria coesão contextual.
23 – Professora de português não tem casos de amor; faz romances.
24 – Professora de português não se casa; conjuga-se.
25 – Professora de português não depende de ninguém; relaciona-se a períodos por subordinação.
26 – Professora de português não tem filhos; gera cognatos.
27 – Professora de português não tem passado; tem pretérito mais-que-perfeito.
28 – Professora de português não rompe um relacionamento; abrevia-o.
29 – Professora de português não foge a regras; vale-se de exceções.
30 – Professora de português não é autoritária; possui voz ativa.
31 – Professora de português não é exigente; adota a norma padrão.
32 – Professora de português não erra; recorre a licença poética.

Categorias:Hora do Lanche Tags:,

Desafio: Texto sem a letra “A”?

O desafio foi proposto pelo professor Willian Cereja, e está publicado aqui.

É possível escrever um texto em Língua Portuguesa sem utilizar a letra A?

Em vários sites é possível encontrar alguns exemplos bem estranhos, como este aqui:

É possível sim. Sem nenhum tropeço posso escrever o que quiser sem ele, pois rico é o português e fértil em recursos diversos, tudo isso permitindo mesmo o que de início, e somente de início, se pode ter como impossível. Pode-se dizer tudo, com sentido completo, mesmo sendo como se isto fosse mero ovo de Colombo.”

 

E você, aceita o desafio? Consegue escrever um pequeno texto sem usar a letra A? Vale qualquer tipo de texto: poema, classificado, narrativa, opinião…

Escreva seu texto nos comentários e os melhores serão publicados.

Palavras estranhas, mas que existem.

Hoje depois da aula, esperando pelo ônibus, eu e minha parceira, a também professora de Língua Portuguesa Gisseli,  fomos questionadas por algumas alunas do ensino médio se determinada palavra existia de fato.

A palavra em questão eu não me recordo, mas durante a conversa lancei um desafio às meninas.

Disse a elas que deveriam ter cuidado para não serem DEFENESTRADAS!

Esta palavra realmente existe e está registrada no Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, só que é muito estranha, não é mesmo?

Está então lançado o desafio, quem souber a resposta responda através dos comentários, o primeiro que acertar ganha um prêmio na terça-feira dia 14 de setembro (se for aluno do Carlos Techentin, claro!).


Atendendo a vários pedidos o prazo será prorrogado até sexta-feira dia 17 de setembro.

Categorias:Desafio, Hora do Lanche Tags:,

Uma vírgula muda tudo

 A vírgula pode ser uma pausa… ou não.

Não, espere.

Não espere.

 

Ela pode sumir com seu dinheiro.

23,4.

2,34.

 

Pode ser autoritária.

Aceito, obrigado.

Aceito obrigado.

 

Pode criar heróis.

Isso só, ele resolve.

Isso só ele resolve.

 

E vilões.

Esse, juiz, é corrupto.

Esse juiz é corrupto.

 

Ela pode ser a solução.

Vamos perder, nada foi resolvido.

Vamos perder nada, foi resolvido.

 

A vírgula muda uma opinião.

Não queremos saber.

Não, queremos saber.

 

Desenrolando a língua portuguesa

Aula de riso ou aula de Português?

Como estamos no final de semana, de um feriado prolongado, vale rir um pouco para recarregar as energias para a volta ao trabalho.

%d blogueiros gostam disto: